Categoria: Noticias


27.06.20



A pedido dos fãs, a Billboard cedeu como forma de homenagem ao 27° aniversário de Ariana Grande, um compilado de streams e vendas de toda sua carreira musical. Confira:

Álbuns vendidos:

My Everything 759,000; Yours Truly 615,000; Dangerous Woman 429,000; Sweetner 321,000; Thank U Next 302,000; Christmas & Chill (EP) 52,000; k bye for now (swt live) 4,000.

Maiores streams de músicas:

7 rings 1.25 bilhões; Thank U Next 1.2 bilhões; Side to Side 890 milhões; Bang Bang 791 milhões; No Tears Left to Cry 787 milhões; Into You 681 milhões; Problem 628 milhões; Break Up With Your Girlfriend, I’m Bored 590 milhões; God Is a Woman 582 milhões, Dangerous Woman 571 milhões; Break Free 495 milhões; Love Me Harder 465 milhões; One Last Time 452 milhões; The Way 444 milhões; Breathin 416 milhões; Santa Tell Me 289 milhões; Focus 280 milhões; Imagine 243 milhões; Everyday 241 milhões; Let Me Love You 192 milhões. 

Músicas mais vendidas: 

Problem 3.7 milhões; Bang Bang 3.5 milhões; The Way 2.4 milhões; Break Free 1.9 milhões; Love Me Harder 1.3 milhões; Side to Side 1.17 milhões; Dangerous Woman 1.15; One Last Time 918,000; Into You 792,000; No Tears Left to Cry 532,000. 

Os seus dois últimos hits que estrearam no topo da Billboard Hot 100, o feat com Justin Bieber na música “Stuck With You” obteve 88,2 milhões de streams nos Estados Unidos e uma venda de 137.000. Em “Rain on Me”, feat com Lady Gaga os streams chegaram a 79,7 milhões de vendas de 98,000. 

As duas colaborações estão no Top 20 da Billboard’s Pop Songs nas rádios!

Fonte: Billboard


10.06.20



A estrela do Pop comprou uma casa recém-construída em Los Angeles, na Bird Streets, que segundo fontes imobiliárias não autorizadas, custou 13,7 milhões de dólares.

A casa que possui 3 andares, foi projetada pela empresa Woods + Danganar, e oferece uma vista linda para o oceano em todos os quartos da casa. As janelas que vão do chão ao teto, possuem incríveis 10 metros de altura, pisos de madeira e acesso direto para uma piscina de borda infinita.

Além da linda estrutura decorativa, a casa também possui uma cozinha minimalista, um escritório, quatro quartos e sete banheiros, um estúdio exclusivo para atividades fitness, um centro de bem- estar, bar luxuoso e uma dega com capacidade para 300 garrafas no piso inferior!

Fonte: Los Angeles Times


29.05.20



Em entrevista ao site Insider, Tayla Parx comentou um pouco sobre sua relação com Ariana Grande. A artista também comentou um pouco sobre suas composições para o álbum “thank u, next”. Confira a tradução:

Parx foi co-compositora de cinco músicas do álbum indicado ao Grammy, “thank u, next”. Embora as garotas tenham se conectado rapidamente e mantido a amizade depois da Nickelodeon, elas não se viram em anos até que se encontraram em uma sessão de estúdio no final de 2018 – quando Parx entrou na cabine de gravação e começou a cantarolar a palavra “needy” repetidamente.

Aquele riff iria se tornar uma faixa sensível do melhor álbum de Ariana Grande até hoje.

“Eu acho que eu e Ariana tivemos a oportunidade de criar um nível de confiança ao passar dos anos – da Nickelodeon indo para a música, agora vivendo disso e sendo parte da indústria de uma maneira completamente diferente de como entramos,” ela explica. “Nós sempre tivemos respeito mútuo, mesmo que não trabalhássemos juntas constantemente.”

“Eu geralmente vario entre artistas diferentes, porque eu gosto de me divertir e manter as coisas frescas, mas acho que isso também foi o que me possibilitou olhar para a Ariana com um novo olhar,” ela continua.

“É legal poder dar um passo atrás, depois voltar e recomeçar bem de onde paramos, o que nós sempre conseguimos fazer.”

Na verdade, foi Parx quem encorajou Grande a explicitamente nomear seus ex-namorados no primeiro verso de “thank u, next”, que tornou-se o primeiro single nº 1 de Grande e nada menos que um marco cultural.

“Eu sabia que ela tinha uma boa relação com todos que ela mencionou na música, então foi uma daquelas coisas do tipo, ‘Ok, se iremos ser grandinhas em relação a isso, entre em contato com todos, deixe eles saberem o que está rolando. Sinta [o que eles acham],'” ela explica. “E ela fez isso, foi bem respeitoso de suas relações passadas e foi incrível.”

“Eu acho que saiu exatamente da forma como era para sair. Tudo se resume ao que ela estava tentando expressar com o álbum inteiro: que ela têm sido responsável com suas emoções, as assumindo, e não se desculpando por isso, o que foi um processo muito divertido de fazer parte.”

Parx dá um sorriso grande quando eu a conto que “needy” é a minha música favorita no álbum.

“Sinceramente, deve ser a minha também. Foi algo tão real, e que veio de ver o jeito que alguém realmente é, e amar isso. Eu realmente respeito isso nela. E eu posso ser assim também – bem como, eu acho, qualquer um que estava no estúdio naquele dia. Nós todos sentimos aquela emoção.”

Mas Parx não parou em apenas duas músicas no topo da discografia de Grande.

Ela também co-compôs a fan-favorite “NASA”, o já citado smash hit “7 rings”, e a pesada e emocional “ghostin”. Na verdade, ela diz que existe uma sexta música em que elas trabalharam juntas, “que eu e Ariana ainda amamos,” mas foi deixada de fora do álbum.

“Ela só não se encaixava no projeto, mas ainda é uma música incrível, então quem sabe? Talvez um dia nós descubramos como lançá-la.”


22.05.20



Rain On Me“, que é o segundo single do novo álbum da Lady Gaga, “Chromatica“, foi lançada na madrugada desta sexta-feira (22) em todas as plataformas digitais.

Algumas horas depois do lançamento, Lady Gaga finalmente liberou o videoclipe oficial da música no seu canal do Youtube. Assista logo abaixo:

O álbum Chromatica será lançado na próxima sexta-feira, dia 29.


18.05.20



Os fãs de pop aguardaram ansiosamente o anúncio do single nº #1 dessa semana no Billboard Hot 100 de hoje (18 de Maio), com novos singles do rapper 6ix9ine (“Gooba”) e o dueto das estrelas pop Ariana Grande e Justin Bieber (“Stuck With U”) como os prováveis competidores pela primeira posição do chart.

No fim, a Billboard anunciou que “Stuck With U” debutou no topo da lista nessa semana, com “Gooba” ficando duas posições abaixo no nº #3 em sua primeira semana. (“Say So,” o #1 da última semana por Doja Cat com Nicki Minaj, terminou no meio em #2).

Isso acarretou uma controvérsia nas redes sociais, conforme 6ix9ine foi ao Instagram pouco tempo após o anúncio para afirmar que os streams de seu single foram descontados impropriamente, e alegou que as forças por trás de “Stuck With U” “compraram” seu nº #1 através de compras ilegais. (Grande, Bieber, e o empresário/co-compositor de “Stuck” Scooter Braun foram ao Instagram para negar as alegações do rapper.)

Com o objetivo de transparência, a Billboard gostaria de esclarecer as regras e classificação do Hot 100, os cálculos que compõem o que determina o ranking final, e os status acumulados pelos dois singles que marcaram os maiores debuts dessa semana. Aqui estão os fatos.

Os streams totais para “Gooba”: 55.3 milhões combinando áudio e vídeo em streams nos EUA para “Gooba” foram anunciados pela Nielsen Music/MRC Data e Billboard para o Hot 100 dessa semana.

6ix9ine alega que nem todos os seus streams foram contados apropriadamente: Os números de stream visíveis para o público nas plataformas de áudio e vídeo não refletem no volume incluído nos cálculos da Billboard. Nem mesmo os números de stream que os serviços disponibilizam para os criados (incluindo 6ix9ine e sua equipe) diretamente através de uma função de tabela de dados.

Ao invés disso, cada provedor de dados disponibiliza um número apurado para a Billboard e Nielsen Music/MRC Data – excluindo streams que não atendem aos parâmetros vigentes, como apenas streams nos EUA, duração mínima de audição, plays excessivos e falta de verificação do usuário. Isso se aplica a todas as músicas e artistas. (A Billboard contatou o YouTube para que comentassem sobre as estatísticas de visualizações em “Gooba.”)

Os 30 milhões de streams que 6ix9ine disse que Billboard contou bate com o chart total para todas as visualizações no vídeo. Esse número é mais que o dobro de visualizações de qualquer vídeo musical em uma nesse ano.

A discrepância entre as visualizações de “Gooba” no YouTube (mais de 180 milhões) e o número de streams que a Billboard contou para a música essa semana (55.3 milhões): Os números para um vídeo na página do YouTube são de visualizações globais, e não passam por nenhum dos filtros citados acima. A Billboard conta apenas visualizações em território norte-americano para seus charts.

A previsão do Hot 100 que 6ix9ine cita em seu vídeo no Instagram: As previsões do chart mostradas não foram criadas nem providenciadas pela Billboard para a indústria. Aqueles com acesso a dados de vendas, streaming e rádio de várias fontes costumam a criar seu próprio modelo de chart e atualizá-los em sua própria frequência. A Billboard não distribui quaisquer prévias do Hot 10 para gravadoras, empresários ou artistas.

O pico de vendas de “Stuck With U” nas últimas 24 horas alegados por 6ix9ine no vídeo: “Stuck With U” estava disponível para compra durante a semana por download digital, bem como em várias combinações de formatos físicos/download digital através das lojas online de Ariana Grande e Justin Bieber. O pico de vendas provavelmente diz respeito às vendas na quinta-feira, 14 de maio – o último dia de contagem na semana – quando cópias autografadas de “Stuck With U” foram colocadas à venda nos sites de Grande e Bieber.

Um single ou álbum autografado é uma forma de venda aceita disponível para qualquer artista e foi repetidamente noticiado nas histórias do chart da Billboard quando tais itens impactaram a Hot 100. 6ix9ine, entretanto, lançou um CD single/download digital não autografado no último dia de contagem da semana através de seu site.

Como noticiado no post dessa semana anunciando os resultados da última Hot 100, “Stuck With U” vendeu 108 mil cópias até o final da semana de contagem (14 de Maio) e “Gooba” vendeu 24 mil, de acordo com Nielsen Music/MRC Data.

Alegações de 6ix9ine de que “seis cartões de crédito” foram responsáveis por uma grande porcentagem das vendas de “Stuck With U”: A Billboard e Nielsen Music/MRC Data realizam inspeções em todas as vendas divulgadas com acesso a detalhes de compra, e trabalha com dados de parceiros para detectar compras em massa excessivas e remover essas unidades no total das vendas finais. Todos as faixas nessa semana, como em todas as outras, foram submetidas ao mesmo exame minucioso. (Billboard entrou em contato com House/Bravado, empresa que comercializa e divulga vendas direto ao consumidor, para comentarem sobre os dados de venda providenciados para “Stuck With U.”)

6ix9ine alega que a Billboard não “divulgava” informações sobre os dados quando perguntada: A Billboard e Nielsen Music/MRC Data foram abertos e francos sobre todas as informações que dizem respeito a “Gooba” com a equipe de 6ix9ine. Isso inclui explicar a metodologia da Hot 100 e como o ranking final e os pontos do chart para “Gooba” foram calculados. A Billboard e Nielsen Music/MRC Data não podem, contudo, providenciar informações detalhadas sobre uma faixa a ninguém além do dono do conteúdo.

Como os cálculos multi-métricos da Hot 100 são feitos, e como isso acarretou nos resultados dessa semana: A Hot 100 tem uma metodologia fixa, atualizada pelo menos uma vez por ano, com cada métrica dividida por um certo número, que resulta em uma proporção média do chart na qual os streams são o fator mais fortemente ponderado, seguido pelo airplay nas rádios e então as vendas. Cada música tem sua própria proporção destrinchada baseada em uma atividade específica, que contrubui para a média geral a cada semana.

No geral, “Stuck With U” contabilizou 28.1 milhões de streams nos EUA, 26.3 milhões em audiência nas rádios e vendeu 108 mil na semana de contagem. “Gooba” teve 55.3 milhões de streams nos EUA, 172 mil de audiência nas rádios e 24 mil cópias vendidas.

Esses números somados resultam nos rankings de cada música respectivamente na Hot 100 dessa semana.

Fonte: Billbard


29.04.20



Em entrevista ao site Elite Daily sobre composição de músicas de término, Tayla Parx – uma das autoras do single “thank u, next”, do álbum homônimo de 2019 – falou sobre o processo de composição da música.

Ariana Grande mostrou a ela [Tayla Parx] o poder da vulnerabilidade.

Quando você olha para alguém como Ariana, que foi muito aberta sobre as dificuldades que estava passando – ser uma das pessoas lá para ajudar a facilitar e ajudar a conseguir o que ela estava querendo dizer para o mundo foi uma experiência linda. Foi real. A minha parte favorita é pegar uma emoção real de um artista e tornar isso em um hit. É literalmente dizer, “Como eu posso pegar suas emoções e fazer com que o mundo se relacione com elas?”

Tayla e Ari foram fundo.

Uma das maiores conversas que tivemos foi se seríamos ousadas e colocaríamos os nomes… Nós mudamos de ideia várias vezes. Existem três versões da música. Ela fez algo respeitoso e falou com cada um e garantiu que eles estavam de acordo com ela fazendo isso. E eu queria saber [dela] quais eram as coisas que ela era grata e o que se arrependia das relações passadas? Porque essas coisas nos permitem crescer.