Sobre

Dangerous Woman Tour” é a terceira turnê — segunda em nível mundial — de Ariana Grande. Com 75 shows oficiais agendados ao todo (+ One Love Manchester Concert e F1 Singapore Show) , ela deu suporte a divulgação do terceiro álbum de estúdio de Ariana, “Dangerous Woman“.

 

Na etapa norte-americana, a abertura dos shows ficará por conta da girlgroup britânica Little Mix e da cantora Victoria Monét. Na etapa europeia é provável que ocorram mudanças, porém nenhum ato substituto foi anunciado até o momento.

      

O show é composto por 23 músicas, sendo 5 delas vindas do álbum “My Everything“, uma inédita, um cover/faixa que muda a cada noite e todas as músicas do mais recente álbum de Ariana, “Dangerous Woman”.

Com cenários móveis, diversas interludes em vídeo e uma estrutura de ponta, o espetáculo se distancia da turnê anterior da cantora, trazendo um visual mais limpo, moderno e maduro.

O primeiro bloco traz Ariana em um body preto, saia e botas. Ele se inicia com uma performance de “Be Alright“, onde ela e seus dançarinos executam a coreografia da música, que conta com passos de voguing, enquanto imagens da cantora e dos dançarinos são projetadas ao fundo. Em seguida, ela adiciona um casaco ao figurino e apresenta “Everyday“, que traz a participação de Future no backdrop, além de alguns efeitos pirotécnicos e mais coreografia.

Em “Bad Decisions“, estruturas aparecem pela primeira vez no palco, nas quais Ariana e os dançarinos sobem e dançam. Ao fim da performance, a cantora empurra os dançarinos em uma das aberturas no piso do palco. O bloco se encerra com “Let Me Love You“, onde Ariana se apresenta sozinha em uma parte da performance e com os dançarinos na outra.

 

O segundo bloco é aberto com uma música inédita: a nunca lançada “Intro“, feita para o álbum “Dangerous Woman”. Ela é ouvida em um backdrop exibido enquanto Ariana troca de roupa, no qual ela aparece dublando a faixa. Logo em seguida, ela volta ao palco usando uma roupa diferente: um top, casaco e calça brancos. A primeira música apresentada ao vivo com o figurino é “Knew Better (Part II)“, na qual apenas uma escada fica no palco.

Em “Forever Boy“, as estruturas vistas em “Bad Decisions” reaparecem, dessa vez sendo iluminadas de acordo com o ritmo da música. Em seguida, Ariana apresenta a primeira música antiga do show: “One Last Time“. A performance seguinte é “Touch It“, que conta com mais um backdrop com participação de Ariana, além das estruturas utilizadas em “Bad Decisions” e “Forever Boy” e efeitos de iluminação por todo o palco. O bloco encerra-se com “Leave Me Lonely“, que ganha uma versão extendida com novos vocais de estúdio.

O terceiro bloco começa com a interlude “Feminist“, onde Ariana aparece com um visual sexy e exaltando todas as características femininas. A primeira performance é a do hit “Side to Side“, onde ela recria o cenário utilizado na performance do VMA 2016 e em partes do clipe, com armários e bicicletas ergométricas, simulando uma academia. Cenas inéditas do clipe da música também são projetadas ao fundo durante o verso de Nicki Minaj. Além disso, a banda aparece no palco pela primeira vez.

A música seguinte é o famoso hit “Bang Bang“, que aparece em uma versão um pouco diferente da original. Após “Bang Bang”, Ariana apresenta “Greedy“, durante a qual falsas notas de dólar são atiradas do teto da arena em direção ao público. O bloco é encerrado com “I Don’t Care“, onde ela adiciona um casaco ao figurino.

O quarto e último bloco se inicia com “Moonlight“. Nele, Ariana veste um top preto e uma calça jeans. A música apresentada a seguir é o hit “Love Me Harder“. Nessa parte do show, Ariana se aproxima mais do público, com performances simples e focadas em sua voz.

O espetáculo segue com uma apresentação do também hit “Break Free“. Durante essa performance, efeitos de iluminação são projetados sob o corpo de Ariana e dos dançarinos. Além disso, a música ganha uma roupagem totalmente nova. Na sequência, mais uma música é apresentada de forma intimista: “Sometimes“.

Após “Sometimes”, acontece uma das performances mais emocionantes da noite, a de “Thinking Bout You”. Nela, enquanto Ariana dá um show de vocais, casais hétero e LGBT são apresentados em um backdrop no telão, representando as diferentes formas de amor.

O bloco continua com o maior hit de Ariana: “Problem“. Nessa apresentação, a música ganha uma versão nova, enquanto os dançarinos executam uma coreografia utilizando bastões de luz em volta da cantora. A última performance é de “Into You“.

O encore do show fica por conta de “Dangerous Woman“, faixa que dá título ao álbum e a turnê. Durante a performance, Ariana veste uma roupa de látex e chamas aparecem pelo palco.