Dois anos de Sweetener!
17.08.20






Há 2 anos Ariana lançava seu quarto disco da carreira, considerado por ela um de seus álbuns mais pessoais, o famoso “Sweetener”. Após uma longa pausa em sua carreira pela tragédia em Manchester, Ariana reuniu todos seus sentimentos e emoções em músicas, resultando em um álbum aclamado, com uma aceitação super alta pelo público. Em varias entrevistas realizadas, ela deixou claro que “Esse é o álbum mais ‘eu’ que já fiz.” 

Em 2019 “Sweetener” recebeu o prêmio de “Best Pop Vocal Album” no Grammy e “Pop Album of the Year” no iHeartRadio Music Award. 

O álbum possui 15 músicas, e a primeira faixa apresenta a icônica a cappella cover de “Raindrops (an angel cried)”, onde com apenas 38 segundos de duração, Ariana mostra seus incríveis dotes vocais. Um fato curioso sobre essa faixa é que ao procurar quem escreveu, Ariana descobriu que o autor era o melhor amigo do seu avô, Charlie Calello! 

Das 15 músicas que compõem o álbum, 3 foram escolhidos para serem singles, e são elas: 

  • No Tears Left To Cry – Marcou para o mundo o retorno de Ariana. Essa música possui um grande significado após a tragédia em seu show, pois trata sobre feridas curadas e lágrimas que não existem mais, e para surpresa do público a música lançada possui uma batida alegre e dançante, contrariando as opiniões de quem esperava por algo mais melancólico. Essa faixa obteve um ótimo desempenho desde sua estreia, em poucas horas de lançamento a música subiu para o topo do iTunes de 46 países, tornando-se a música mais vendida no iTunes mundial. Hoje o single acumula quase 1 bilhão de visualizações no YouTube, 896 milhões de reproduções no Spotify e mais de 13 milhões de vendas, tornando-se um de seus maiores sucessos.
  • God is a Woman – Essa música trás uma forte mensagem sobre o feminismo dentro da letra e no clipe também, onde Ariana em várias partes retrata sobre o poder da mulher. Nas primeiras horas de lançamento, a música alcançou o primeiro lugar no iTunes de 17 países, e atingiu mais de 5 mil downloads apenas nos Estados Unidos.
  • Breathin – Como uma forma de expressar seus sentimentos em relação a ansiedade, a música fala sobre a necessidade de continuar respirando, mesmo em momentos difíceis, sugerindo uma mensagem de superação. O single estreou em 3° lugar no Spotify Mundial e subiu ao topo do iTunes de 9 países. 

Postado por: Martina D'Eustachio