Repórter da revista Billboard descreve a sensação de estar 48 horas em Hong Kong com Ariana Grande
30.09.17






Depois de mais de seis meses viajando, Ariana Grande encerrou a “Dangerous Woman Tour” em Hong Kong. Antes de seu último show, a cantora anunciou ela mesma como a nova embaixadora da gigante empresa de equipamentos esportivos, Reebook. Para celebrar essa parceria, a Billboard acompanhou de perto as últimas 48 horas da cantora em turnê.

Terça-feira, 19 de setembro.

20:00 – Chegada em Hong Kong.
Nós corremos para voar até a cidade na manhã da terça-feira, mas Grande precisava dar um tempo para o seu corpo recuperar; ela tinha acabado de realizar um show alguns dias atrás em Taiwan.
“Eu só cheguei aqui na noite passada, mas se tudo der certo esta noite eu irei dar uma volta por aí e explorar,” Grande nos contou quando a vimos na manhã seguinte. “Eu sempre quis ir pra Hong Kong. Está na minha lista há um longo tempo, então estou feliz de finalizar minha turnê aqui. Espero que eu consiga fazer o máximo de coisas que eu puder aqui antes de irmos amanhã. Eu não gostaria de ir, eu realmente não gostaria.”

Quarta-feira, 20 de setembro.

09:00 – Exercícios pela manhã.
Para conseguir umas das vistas únicas de Hong Kong, nós nos hospedamos no East Hotel, que possui brilhantes janelas que vão do chão até o teto em todo quarto. Ele também está próximo do centro da cidade, longe de ruas movimentadas, tornando-o um ótimo lugar para exercitar-se.

Para nossa sorte, o treinador de Grande, Harley Pasternak—que também já trabalhou com artistas como Lady Gaga, Alicia Keys e Kanye West—viaja com ela de tempos em tempos e fomos sortudos o bastante para conseguir uma sessão com ele. Nós começamos com uma caminhada para o espaçoso parque Quarry Bay, que fica por volta de 15 minutos do hotel, e uma vez lá, ele aumentou a intensidade nos fazendo correr para cima e para baixo do campo.

Veja, a prioridade de Pasternak não é de esgotar o corpo de qualquer um dos seus clientes, a única coisa que ele deseja é de que o ritmo seja mantido. “Não existem movimentos que podem compensar a falta de algumas etapas,” ele explicou para a Billboard. “Nós fomos tão longe com a nossa abordagem para malhar com a venda de DVDS insanos e malucos, mas você não precisa de nada disso. Eu treino 50 dos melhores corpos do mundo e ninguém faz isso. Ninguém precisa disto.”

Ariana adicionou, “Por um longo período, eu estava, isso é mais efetivo que realizar uma série de exercícios totalmente conhecidos? E realmente é. Eu me sinto melhor quando estou me movimentando bastante. Eu poderia fazer uma rotina de exercícios pesados por aí e sentar em qualquer lugar o dia inteiro e não me sentiria tão bem como quando estou em constante movimento”.

14:00 – É hora de dançar!
Após o almoços, nos reagrupamos para a melhor sessão de dança existente com Grande (sim, você leu isso mesmo) e os geniosos gêmeos por trás da coreografia da turnê, os irmãos Brian e Scott Nicholson. Se você acha que eles pegaram leve conosco, pense novamente. Nós aprendemos a introdução para o ato de abertura do show, “Be Alright”, e apesar de não ser fácil, a energia positiva do trio tornou fácil para nos deixar soltos e apenas nos divertimos.

Nós estávamos assim, nós vamos ensinar para eles algo do tipo difícil para ver o que acontece,” Brian admite. “Isso é literalmente um dia na nossa turnê. Nós realmente queremos mostrar para vocês o que passamos. Nós fomos lá e todos conseguiram. Acima de tudo, foi sobre estar livre e ter um bom tempo. É isso que Scott, Ariana e eu queremos passar.”

Quinta-feira, 21 de setembro.

11:00 – O que quer que flutue o seu navio.
E lá vem a visita de turistas. Além dos arranha-céus, da movimentação e da grande atividade da cidade estão as montanhas e a enseada que a cercam. Para obter o visual mais próximo possível, nós fomos a uma tradicional navio de vendas chinês chamado de “junk boat” que nos levou uma ilha no outro lado de onde estávamos. As ondas estavam difíceis, mas assim que você olha para o horizonte atrás e a sua frente, as vistas não podem ser um oportunidade perdida para qualquer turista, especialmente se você não estiver com o tempo contado como nós.

14:00 – Almoço na Ilha Lamma.
Apesar de Grande estar ocupada preparando seu último show, seu treinador Pasternak confirmou que ela gostaria de ter experimentado a comida de frutos do mar local. “Do nada, eu irei perguntá-la o que ela comeu naquele dia,” ele disse. “Ela vai estar tipo, ‘Estou entediada, eu preciso de mais opções de janta.’ Então eu irei dizer para ela me ligar para falar sobre isso. Quando ela está em um novo país, eu faço uma lista de todas as comidas locais e restaurantes que eu quero que ela experimente. Ela é tão boa em retirar todas as opções da lista porque ela é realmente aberta para experimentar diferentes tipos de comida no mundo.”

19:00 – Prepare as suas orelhas de coelho pretas!
O momento que todos estávamos esperando. Por último, mas não menos importante, Grande nos presentou com ingressos VIP para a última etapa de sua turnê. Não há nada como ver um artista dizer adeus para a vida na estrada; foi incrível fazer parte de algo tão especial.

“Eu não queria nem voltar para casa e relaxar,” Grande comentou. “Ao mesmo tempo, passamos por muitas coisas emocionalmente. Tem sido algo desafiador para todos envolvidos. Então seria ótimo abraçar aqueles que eu amo um pouco, ficar em casa por um tempinho. Mas me conhecendo, eu estarei no estúdio porque eu amo isso, e eu quero criar. Eu já comecei um álbum há um ano, um pouco mais de um ano atrás, mas eu quero continuar criando e ainda não está finalizado. Então eu irei ter meu tempo de descanso, estarei restaurada e pronta pra próxima assim que possível.”

FOTOS: Evento da Reebok em Hong Kong

007.jpg 006.jpg 027~10.jpg 025~9.jpg Arianna_Grande-1.jpg

André Almada

Postado por: André Almada


"I can tell you're curious, it's written on your lips..."